Viagens Corporativas

Políticas voltadas à segurança das viajantes mulheres

Políticas voltadas à segurança das viajantes mulheres

   Políticas voltadas à segurança das viajantes mulheres


    Os riscos que as viajantes do sexo feminino enfrentam subirão ao topo da agenda corporativa, e não à toa: as mulheres representam mais de 40% de todos os viajantes de negócios e esse número está crescendo.

    É fato que as mulheres enfrentam riscos únicos enquanto viajam a trabalho, em comparação com seus pares do sexo masculino, mas o que as empresas farão a respeito? Um relatório recente da GBTA descobriu que apenas 18% das políticas corporativas de segurança de viagens abordam especificamente as necessidades femininas.

    Como as ameaças de segurança afetam o bem-estar e a produtividade das mulheres, está na hora de as corporações providenciarem que suas políticas abordem de forma mais séria preocupações femininas prioritárias, como assédio sexual, assalto e roubo. Ao mesmo tempo, as mulheres tomarão a iniciativa de exigir que as empresas cuidem delas e isso se tornará uma consideração importante para a retenção de talentos.

    

   Viagens corporativas: menos é mais


    Nas viagens corporativas a frase “menos é mais” também é importante. Leve o mínimo de bagagem possível, principalmente se precisar ficar deslocando-a com você. O ideal é que leve apenas o que consegue carregar tranquilamente.

    Evite deixar seu notebook dentro da bagagem. Tente acomodá-lo em uma bagagem de mão separadamente para que não seja extraviado.


 

     Seguro para viagens corporativas


    Se vai viajar sozinha, seja a trabalho ou a passeio, faça um seguro de viagem. Como já dissemos, mesmo com todos os cuidados imprevistos ainda podem acontecer e é melhor prevenir do que remediar!

    Procure um agente de viagens e conheça as opções de seguro que estiver de acordo com suas necessidades de sua viagem corporativa.



comentários (0)


deixe um comentário