Blog

Qual o impacto da alta do dólar na viagem corporativa?

Qual o impacto da alta do dólar na viagem corporativa?


A avaliação das variações de câmbio deve fazer parte de todo o planejamento e gestão de uma viagem corporativa. Afinal, por causa da variação de taxas, você pode ter de reavaliar o orçamento de sua viagem e a cota diária que o funcionário pode gastar em outro país. O preço das passagens aéreas internacionais, por exemplo, é cotado em dólar, e pode sofrer reajustes em função da moeda, da origem das companhias aéreas e da demanda.

Faça o controle de custos

Como a variação cambial é um elemento volátil no monitoramento de despesas internacionais, é muito importante que seu planejamento financeiro seja rigoroso, de modo que você possa gerir seus gastos e ter tempo para aproveitar as taxas menores.

Dessa forma, seguindo o planejamento estratégico de sua organização, bem como  sua política de viagens, elabore um calendário de atividades e verifique, desde o início do processo, quais parcerias estratégicas podem ajudar na negociação com fornecedores e na redução de custos.

O apoio de uma agência especializada no início de seu planejamento pode exercer uma influência substancial no bom gerenciamento de gastos. O planejamento financeiro de uma viagem corporativa requer a observação de uma série de fatores. A variação de câmbio, que ocorre em função de uma série de fenômenos no mercado financeiro, exige que as empresas se mantenham vigilantes para aproveitar os melhores preços. O acompanhamento de uma agência especializada pode tornar esse processo um pouco menos exaustivo, já que ela conta com expertise e uma rede de fornecedores com quem negociar em melhores condições.



comentários (0)


deixe um comentário